Yocto Project

Neste tutorial, iremos mostrar onde o bitbake pega a configuração da plataforma alvo.

Primeiro devemos lembrar que para gerar uma imagem de uma plataforma especifica, precisamos baixar as informações desta.

O Projeto Yocto não contem todas as informações classes, task e layers de todas as plataformas.

Para tanto ele dispõem de um repositório contendo um conjunto de pacotes que podem ser baixados, e lá agregam as informações necessárias para incluir esta no yocto.

O Link do repositório é
http://layers.openembedded.org/layerindex/branch/master/machines/?q=&search=1

Agora vamos a parte prática,

Imaginemos que precisamos gerar uma imagem de uma distribuição para raspberry PI, que iremos embarcar.

git clone git://git.yoctoproject.org/meta-raspberrypi

Ele criou uma pasta meta-raspberrypi, nela podemos ver as várias configurações de máquinas criadas para este fim:

Lá podemos ver o conteúdo do raspberry2.conf, conforme apresentado na figura abaixo:

configurações da maquina raspberry.

Arquivos include

Dentro da pasta machine temos a pasta include, que incluem alguns arquivos do tipo .inc, conforme imagem a seguir:

Visualização dos arquivos da pasta include

Podemos, notar que os arquivos são de extensão inc, arquivos de dados do yocto.

Analisando o conteúdo destes, podemos ver, as seguintes informações:

arquivo rpi-base.inc

Nele temos as variáveis que serão utilizadas no sistema.

Quando existir necessidade de atribuir valores o campo MACHINE_FEATURES, permite atribuir estas variaveis.

No arquivo raspberry4.conf, existe um exemplo deste, conforme o fragmento abaixo:

MACHINE_FEATURES += “pci”

Para maiores detalhes busque a documentação aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

maurinsoft.com.br